Comerciantes da Expofeira lutam para reconstruir espaço na Orla de Tambaú

Comerciantes da Expofeira lutam para reconstruir espaço na Orla de Tambaú

Na noite do dia 30 de outubro deste ano, uma dupla de adolescentes tentou assaltar a Expofeira Tambaú, localizada na Orla de João Pessoa, e acabou causando um incêndio de grandes proporções. As chamas consumiram produtos, lojas e principalmente, o esforço e o trabalho de quase 30 comerciantes.

Reconstrução

Os comerciantes tiveram algumas vitórias. Artistas e autoridades se mobilizaram para ajudar os prejudicados da maneira que podiam. Porém, a realidade é mais dura do que parece. Apesar das ações de apoio, os lojistas sofrem para recomeçar.

“Ainda não temos previsão de reconstruir tudo. O sentimento ainda é muito triste. Agradecemos ao apoio de todos, mas os empréstimos do Empreender e do Banco Cidadão foram pra os comerciantes comprarem produtos para vender, e não para reconstruir a feira”, revelou a proprietária da feira, Aline Freire.

Recomeço

A partir das quintas-feiras, quem vê, de longe, a Expofeira Tambaú, acredita que a alegria já voltou a tomar conta do estabelecimento. O trio de forró pé-de-serra anima os turistas que passeiam pela calçada, as luzes de Natal iluminam a fachada das lojas e a decoração em taipa e madeira parece mais firme do que nunca. Mas é só entrar na Expofeira, para dar de cara com uma lona preta, que divide o que sobrou do que foi consumido pelas chamas.

Apenas cinco lojas seguem de portas abertas, ‘no improviso’. A animação da sanfona que é rapidamente trocada pelo remorso e pela angústia estampados nos rostos dos comerciantes. O movimento caiu e as contas subiram. “Pra gente tá sendo muito difícil. Poucos clientes tão entrando e as vendas diminuindo”, comentou uma das lojistas.

A proprietária Aline Freire confirmou que não há previsão de datas para a reconstrução total da feira. Enquanto os comerciantes esperam um recomeço, as batidas no triângulo se confundem com as marteladas das obras de reconstrução e o fole da sanfona embala a esperança dos lojistas.



EspaçoPB - Portal Correio

O que estão comentando...

Comentários